Interpretação da crônica “A bola”

6 set

Leia a crônica a seguir e responda as questões propostas.

A bola

O pai deu uma bola de presente ao filho. Lembrando o prazer que sentira ao ganhar a sua primeira bola do pai. Uma número 5 sem tento oficial de couro. Agora não era mais de couro, era de plástico. Mas era uma bola.

O garoto agradeceu, desembrulhou a bola e disse “ legal! “. Ou os que os garotos dizem hoje em dia quando gostam do presente ou não querem magoar o velho. Depois começou a girar a bola, à procura de alguma coisa.

– Como é que liga?- Perguntou.

– Como, como é que liga? Não se liga.

O garoto procurou dentro do papel de embrulho.

– Não tem nenhuma instrução?

O pai começou a desanimar e a pensar que os tempos são outros. Que os tempos decididamente outros.

– Não precisa manual de instrução.

– O que é que ela faz?

– Ela não faz nada. Você é que faz coisas com ela.

– O que?

– Controla, chuta…

– Ah, então é uma bola?

– Claro que é uma bola.

– Uma bola, bola. Uma bola mesmo.

– Você pensou que fosse o quê?

– Nada, não.

O garotinho agradeceu, disse “ Legal! “, de novo, e dali a pouco o pai o encontrou na frente da tevê, com a bola nova do lado, manejando os controles de um videogame. Algo chamado MONSTER BALL, em que times de monstrinhos disputavam a posse de uma bola em forma de blip eletrônico na tela ao mesmo tempo que tentava se destruir mutuamente. O garoto era bom no jogo. Tinha coordenação e raciocínio rápido. Estava ganhando da máquina.

O pai pegou a bola nova ensaiou algumas embaixadinhas. Conseguiu equilibrar a bola no peito do pé, como antigamente, e chamou o garoto.

– Filho, olha.

O garoto disse “ legal “, mas não desviou os olhos da tela. O pai segurou a bola com as mãos e a cheirou, tentando recuperar mentalmente o cheiro do couro. A bola cheirava a nada. Talvez um manual de instrução fosse uma boia ideia, pensou. Mas em inglês, para a garotada se interessar.

(Luís Fernando Veríssimo)

1) No primeiro parágrafo o narrador fala das diferenças entre a bola comprada pelo pai e a bola que o mesmo usava na infância. Qual era esta diferença?

2) O pai dá ao filho de presente uma bola. Qual a reação do menino diante do presente? Por quê?

3) O menino procurou na bola um botão ou manual de instrução. Na sua opinião, por que o menino fez isso?

4) No final da narrativa, quem fica com a bola?

5) Ainda no final da narrativa, o menino mostra o tipo de brincadeira que ele gosta. Qual o tipo de brincadeira que o menino prefere?

6) “O pai começou a desanimar e a pensar que os tempos são outros. Que os tempos decididamente outros.” Por que o pai chegou a conclusão que os tempos eram outros?

7) Crônica é uma narrativa curta na qual são abordados fatos do cotidiano. Qual fato cotidiano é abordado na crônica “A bola”?

8) Preencha o quadro a seguir com as partes referentes à crônica “A bola”

Situação inicial

Conflito gerador

Clímax

Desfecho

2 Respostas to “Interpretação da crônica “A bola””

  1. Cristiane Mendes 2 de outubro de 2015 às 13:56 #

    Professora Simone bom dia!

    Desde julho, do ano corrente, tenho a guarda de um adolescente de 15 anos, que estava matriculado em um dos colégios do município 8º ano, mas ele foi desligado do colégo, por falta, o menino mal saber lê. Tenho dado aula para ele em casa, pois não consegui matriculá-lo; estou um pouco perdida quanto ao que ensiná-lo. Achei sei blog e gostei muito e desde então tem sido um importante ponto de referência para leitura e interpretação de texto.

    Um abraço,
    Cristiane

    • Professora Simone Paulino 2 de outubro de 2015 às 22:26 #

      Cristine,
      Comentários como o seu me animam a continuar sempre publicando aqui no blog.
      Fico muito feliz em poder ajudar!
      Um grande abraço e sucesso!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: