Publicado em Ensino Médio, Exercícios

Questões sobre orações subordinadas substantivas

  1.  (FCE-SP) “Os homens sempre se esquecem de que somos todos mortais.” A oração destacada é:

(A) substantiva completiva nominal       (B) substantiva objetiva indireta

(C) substantiva predicativa                      (D) substantiva objetiva direta

(E) substantiva subjetiva

  1. (FESP) “Lembro-me de que ele só usava camisas brancas.” A oração em destaque é:

(A) substantiva completiva nominal       (B) substantiva objetiva indireta

(C) substantiva predicativa                      (D) substantiva subjetiva

(E) n.d.a.

  1. (DETRAN-RO) Relacione adequadamente a classificação das orações subordinadas substantivas às respectivas orações.

    1. Subjetiva.                        ( ) Cada situação permite que se aprenda algo novo.
    2. Objetiva direta.               ( ) Só quero uma coisa: que tires a tua carteira.
    3. Objetiva indireta.            ( ) Tenho esperança de que o trânsito melhore.
    4. Completiva nominal.      ( ) É importante que todos colaborem.
    5. Predicativa.                     ( ) Meu desejo é que sejas classificado.
    6. Apositiva.                        ( ) Lembrei-me de que já estava errado.

(A) 1, 6, 3, 5, 2, 4.     (B) 2, 6, 4, 1, 5, 3.    (C) 1, 2, 3, 4, 5, 6.   (D) 6, 5, 4, 3, 2, 1.  (E) 2, 6, 4, 1, 3, 5.

  1. (EFOMM ) “Não sei de onde te conheço.” A classificação correta da oração grifada está na opção:

(A) substantiva predicativa;

(B) adjetiva restritiva;

(C) substantiva subjetiva;

(D) substantiva objetiva indireta;

(E) substantiva objetiva direta..

  1. (Assistente em Adm. – Pedro II – AOCP/2010) Em “Outra (leitura) sugere que os seguranças podem estar sendo procurados…”, a oração destacada é

(A) subordinada substantiva objetiva indireta.

(B) subordinada substantiva subjetiva.

(C) subordinada substantiva objetiva direta.

(D) subordinada substantiva predicativa.

(E) subordinada substantiva completiva nominal.

  1. (EEAR- Sargento da Aeronáutica) Observe:

    Não há comprovação científica de que a cafeína seja prejudicial às gestantes.

    A oração em destaque no período acima é substantiva

(A) subjetiva   (B) apositiva.  (C) predicativa.  (D) completiva nominal. (E) n.d.a.

  1. (UE PONTA GROSSA-PR) Em “É possível que comunicassem sobre políticos”, a segunda oração é:

(A) subordinada substantiva subjetiva (B) subordinada adverbial predicativa

(C) subordinada substantiva predicativa      (D) principal

(E) subordinada substantiva objetiva direta

  1. (TJ – SP) – “É importante que todos participem da reunião”. O segmento que todos participem da reunião, em relação a é importante, é uma oração subordinada:

(A) adjetiva com valor restritivo.      (B) substantiva com função de sujeito.

(C) substantiva com função de objeto direto.

(D) adverbial com valor condicional.   (E) substantiva com função predicativa.

  1. (UFPA) Qual o período em que há oração subordinada substantiva predicativa?

(A) Meu desejo é que você passe nos exames vestibulares.

(B) Sou favorável a que o aprovem.

(C) Desejo-te isto: que sejas feliz.

(D) O aluno que estuda consegue superar as dificuldades do vestibular.

(E) Lembre-se de que tudo passa neste mundo.

  1. (UFSCar-SP) Marque a opção que contém oração subordinada substantiva completiva nominal.

(A) “Tanto eu como Pascoal tínhamos medo de que o patrão topasse Pedro Barqueiro nas ruas da cidade.”

(B) “Era preciso que ninguém desconfiasse do nosso conluio para prendermos o Pedro Barqueiro.”

(C) “Para encurtar a história, patrãozinho, achamos Pedro Barqueiro no rancho, que só tinha três divisões: a sala, o quarto dele e a cozinha.”

(D) “Quando chegamos, Pedro estava no terreiro debulhando milho, que havia colhido em sua rocinha, ali perto.”

(E) “Pascoal me fez um sinalzinho, eu dei a volta e entrei pela porta do fundo para agarrar o Barqueiro pelas costas.”

Anúncios
Publicado em Ensino fundamental, Exercícios

Leitura e interpretação de notícia + sujeito, predicado e voz verbal

Doutor Estranho impressiona com visual psicodélico, sem esquecer da receita Marvel

Assistimos a 15 minutos do novo filme do estúdio, que estreia em 3 de novembro

Se os 15 minutos de Doutor Estranho exibidos pela Marvel ontem em São Paulo refletirem a qualidade real do filme, os fãs terão muitos motivos para comemorar quando o longa chegar aos cinemas. O corte que o Omelete viu mostra diversas partes da trama – do acidente de carro de Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) à batalha contra o vilão Kaecilius (Mads Mikkelsen) – e deixa claro que nenhum estúdio de cinema que lida com super-heróis fez algo parecido com as distorções da realidade apresentadas pelo Mago Supremo. As soluções achadas pelo diretor Scott Derrickson parecem não se ater às imagens coloridas e perturbadoras das viagens por dimensões paralelas – a sensação é que a Marvel mergulhou de cabeça nas loucuras que o misticismo permite, levando essa loucura às sequências de ação e até para os momentos descontraídos do filme.

O início do material é pautado pela origem do herói. Stephen Strange é um cirurgião renomado e sofre um acidente que o obriga a procurar ajuda no Himalaia, junto à Anciã (Tilda Swinton) – um ser superpoderoso que o ensinará os caminhos da magia e do misticismo. A postura, as piadas e a personalidade de Strange de cara lembram Tony Stark (Robert Downey Jr.), hoje o maior símbolo da Marvel. Ao invés de um gênio da tecnologia, ele é um gênio da medicina que precisa lutar contra os próprios preconceitos para se tornar o Doutor Estranho. O molde de personagem é o mesmo; a diferença é como a Marvel explora as possibilidades dos poderes de Strange.

(Fonte: www.omelete.uol.com.br)

  1. Qual a função do texto lido?
  2. Qual o tema do texto lido? 
  3. Qual a função dos parênteses no texto?
  4. Extraia do texto o trecho em que o autor descreve o personagem principal do filme. 
  5. O texto lido é um(a):
    (a) Anúncio publicitário (b) Entrevista     (c) Reportagem
  6. Leia o seguinte trecho extraído do texto:
  7. As soluções achadas pelo diretor Scott Derrickson parecem não se ater às imagens coloridas e perturbadoras das viagens por dimensões paralelas
    Na parte sublinhada temos um exemplo de:
    (a) Voz ativa (b) Voz passiva sintética (c) Voz passiva analítica
  8. Leia outro trecho retirado do texto:

A postura, as piadas e a personalidade de Strange de cara lembram Tony Stark

a) Qual o sujeito do texto? 

b) O predicado deste trecho pode ser classificado como:

(a) Verbal     (b) Nominal     (c) Verbo-nominal